AVELOZ

AVELOZ
Euphorbia tirucalli
Nome científico
Euphorbia tirucalli L.
Família
Euphorbiaceae.
Outros nomes populares
almeidinha, árvore-de-são-sebastião, árvore-do-coral-de-são-sebastião, árvore-do-lápis, avelós, cassoneira, cega-olho, coral-de-são-sebastião, coral-verde, coroa-de-cristo, dedinho, dedo-de-diabo, dente-de-cão, espinho-de-Cristo, espinho-de-judeu, espinho-italiano, graveto-do-diabo, labirinto, mata-verrugas, pau-pelado, pinheirinho, pau-liso, pau-sobre-pau; solitärpflanze (alemão), árbol de los dedos (espanhol), petroleum plant (inglês), euphorbea (italiano).
Constituintes químicos
óleos essenciais (eugenol), hidrocarbonetos terpênicos, aldeídos, látex, goma tirucalli, resina, diterpenos do tipo tigliano (ésteres de forbol) e ingenano (ésteres de ingenol), 4-desoxi-forbol e 12-O-tetradecanoil forbol-13-acetato; 12-0-(22) (4E )-octadienol-4-deoxiforbol-13-acetado; ácido 3, 3Â’-di-0-metil-elágico; beta-sitosterol; ácido cítrico; ácido elágico; eufol; euforona; glucose; hentriacontanol; isoeuforal; kaempferol; ácido málico; sapogenina-acetatos; ácido succínico; taraxasterol; taraxerina; tirucalol.
Propriedades medicinais
látex: antiescorpiônico e ofídio (uso interno), anti-reumático, antiasmático, antiespasmódico, antibiótico, antibacteriano, antivirótico, anti-sifílico, cáustico, cauterizante de verrugas, expectorante, fungicida, purgativo, resolutivo (no tratamento de carcinomas e epiteliomas benignos), rubefaciente, vulnerária.
Indicações
verruga, calo, câncer, sífilis, tumor canceroso e pré-canceroso, neoplasias neuralgia, cólica, asma e gastralgia.
Parte utilizada
látex retirado dos ramos.
Contra-indicações/cuidados
doses elevadas são tóxicas e podem coagular o sangue. O látex é irritante e cáustico à pele. Se o látex atingir os olhos, pode destruir a córnea. Por ser altamente caústico, o látex precisa ser diluído em água. O látex puro pode provocar hemorragia. Ésteres de forbol são estudados como agentes promotores de tumor, induzindo a formação do linfoma de Burkitt e carcinoma nasofaringeo.<br>O uso excessivo pode provocar: intensa queimação; pálpebras inchadas; dor ardente do globo ocular; visão borrada; erosão do epitélio córneo; acuidade visual diminuída; fotofobia e cegueira temporária. Pode ser até letal.
Modo de usar
<br>- Uso interno: <br>. diariamente, durante uma semana, em um copo de água (200ml) acrescentar 1 gota do látex. Dividir a água em 3 doses. Beber uma dose pela manhã, outra ao meio dia e a última à noite. Na segunda semana passar para 2 gotas de látex (em um copo de água), na semana seguinte passar para 3 gotas e na 4.a semana usar 4 gotas;<br>. 6 gotas de látex do aveloz em 2 litros de água. Tomar um copo 3 vezes ao dia;<br>. 1 gota de látex em 1 copo de água. Tomar 1 colher (sopa) a cada hora.<br>Preparar somente no momento de usar.<br>- Uso externo:<br>. dores reumáticas: passar o leite diluído 2 a 3 vezes ao dia;<br>. verruga e calo: pingar 1 gota do látex.
Algumas espécies dos gêneros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *