AVELÃ

Corylus avellana
Nome científico
<i>Corylus avellana</i> L.
Família
Betulaceae.
Outros nomes populares
aveleira, hazel nut (inglês), avellana (espanhol), noisetier (francês), nocciola (italiano), haselnuss (alemão).
Constituintes químicos
ácido alantóico, ácido ascórbico, ácido esteárico, ácido linoléico, ácido mirístico, ácido oléico, ácido palmítico, ácido pantatênico, arsênico, avenasterol, bromina, betacaroteno, carboidratos, citrostadienol, clorina, europium, fitosteróis, fluorina, lantanum, maninotriose, niacina, rafinose, riboflavina, sais minerais (cálcio, ferro, magnésio, manganês, potássio, selênio, sódio, zinco), sucrose, vitamina B.
Propriedades medicinais
adstringente, antidiarréica, cicatrizante, nutritiva, depurativa.
Indicações
cicatrizar úlceras, chagas e feridas na pele, convalescença, desnutrição, diarréia, ferida, inflamação intestinal, ulceração.
Parte utilizada
frutos, casca de tronco, óleo.
Contra-indicações/cuidados
usar o óleo somente sob prescrição médica.
Modo de usar
<br>- cataplasma feito com a casca: cicatrizar úlceras, chagas e feridas na pele.<br>- fruto: consumido ao natural, torrado ou com mel.<br>- fruto: fabricação de pastas, manteiga, chocolates, bombons, sorvetes, tortas, bolos, biscoitos.<br>- óleo: fabricação de hidratantes para a pele e xampus.
Algumas espécies dos gêneros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *